Como minimizar os impactos econômicos em sua empresa durante a pandemia?

Como minimizar os impactos econômicos em sua empresa durante a pandemia?

A pandemia de Covid-19 está mudando as nossas relações com as pessoas e com o consumo. Por isso, as empresas precisam se adaptar a essa nova realidade e entender como que podem se manter financeiramente nesses tempos. Veja abaixo algumas dicas de como minimizar os impactos econômicos.

 

Os impactos da pandemia do novo coronavírus já está sendo amplamente sentido por todos os setores da economia brasileira. As empresas de médio e pequeno porte estão sendo bastante prejudicadas com essa realidade em que o mundo se encontra, já que as recomendações da Organização Mundial de Saúde são de isolamento social em casa, saindo somente para o básico. Isso faz com que lojas, restaurantes, e outros pequenos negócios vejam seu número de clientes caindo, e consequentemente, seu faturamento também.

 

Diante desse novo cenário, as empresas precisam tomar algumas atitudes para que o negócio não sofra mais do que o necessário, e que consiga se estabilizar no futuro, quando a pandemia já estiver mais controlada, e as vidas forem voltando ao normal. Nessa hora, tomar as decisões rápido, com planejamento, pode significar a sobrevivência do negócio no longo prazo.

 

Esteja preparado para queda nas vendas – conheça seu fluxo de caixa.

Independente do setor, todas as empresas enfrentarão uma queda significativa nas vendas nesse período. A dica é simular essa queda nas vendas para se precaver e pensar em soluções que cubram os gastos de se manter a empresa funcionando. O ideal é programar uma queda de 30% a 50% nas vendas em geral, e tomar decisões a partir desses números.

 

Para que essas decisões sejam acertadas, é muito importante conhecer muito bem seu fluxo de caixa. Separa seus gastos fixos e variáveis, sendo fixos aqueles que você paga todo mês – aluguel, água, luz – e o segundo, com outras coisas que mudam a depender de cada mês – material, fornecedores, etc. Sabendo onde cada despesa se encaixa, fica mais fácil enxergar o cenário de uma queda de vendas, e é mais claro onde devem ser empregados os recursos que entrarem.

 

Mapeie cortes de gastos e renegocie dívidas

Com o fluxo de caixa organizado, é possível também verificar gastos que podem ser cortados – temporariamente ou permanentemente. tome tempo para tentar achar fornecedores com preços mais atrativos, negocie alguns valores, como o aluguel por exemplo. Manter a equipe em home office diminui os gastos com energia, e se possível, pode ser interessante colocar alguns dos funcionários em férias nesses períodos mais tranquilos em relação a quantidade de trabalho. Todas as empresas estão passando pelo mesmo momento de incerteza, então uma boa conversa pode ajudar a todos.

 

Fique atento também as dívidas que podem surgir. Como o dinheiro entrando é menor, se antecipe e renegocie o que puder para evitar ter que entrar em dívidas ou pegar empréstimos. Aliás, só peça um empréstimo se realmente não houver outra alternativa.

 

Fique sempre no radar de novas oportunidades

A preocupação é grande, mas esse pode ser um período onde novas ideias para repensar seu negócio serão bem vindas. Cada gestor precisa avaliar quais os pontos onde o negócio pode ser inovador nessa crise, e desenhar soluções para que a empresa saia dela com todas as possibilidades de se manter funcionando, e mais fortalecida.

 

Quer saber mais dicas? Fique conectado no nosso blog!

Posts relacionados

Quando contratar crédito para sua empresa?

Quando contratar crédito para sua empresa?

Sabemos que as empresas têm no capital de giro a mola principal para impulsionar o seu crescimento. Afinal, sem capital […]

Leia mais
Antecipação de recebíveis é opção para PMEs fecharem 2017 no azul

Antecipação de recebíveis é opção para PMEs fecharem 2017 no azul

Em tempos de crise, o período de final de ano é extremamente desafiador para quem comanda o próprio negócio – […]

Leia mais
A regra das duas pizzas

A regra das duas pizzas

Há poucos empreendedores no mundo que dão tanto valor à estratégia de longo-prazo como Jeff Bezos. Começando pela famosa carta aos […]

Leia mais

Podemos guardar cookies?

Clicando em "Sim" você concorda em armazenar cookies no seu dispositivo para promover marketing personalizado, melhorar sua navegação e experiência em nosso site. Acesse nossa Política de privacidade.