Quando contratar crédito para sua empresa?

Quando contratar crédito para sua empresa?

Sabemos que as empresas têm no capital de giro a mola principal para impulsionar o seu crescimento. Afinal, sem capital de giro elas ficam praticamente paradas, sem desenvolvimento econômico, e podem acabar fechando as portas.

Por isso, muitas vezes é necessário providenciar capital de giro o mais rapidamente possível, ainda que seja necessário transformar ativos imobilizados, como algum imóvel, em dinheiro.

Outra maneira se dá por meio dos financiamentos solicitados em bancos e outras instituições financeiras. Geralmente, essas entidades proporcionam algumas vantagens para a contratação daquele tipo de crédito.

E aí, você tem dúvidas sobre qual é a hora de pegar recursos para compor o seu capital de giro? Então continue lendo e veja em quais momentos é válido contratar crédito para empresa!

 

Pesquise o quanto você precisa para seu capital de giro

Em primeiro lugar, é necessário analisar muito bem a situação financeira da empresa e o momento pelo qual ela está passando, para, só depois, contratar algum empréstimo.

Isso porque, como está bem claro, o financiamento para capital de giro importa em uma quantia que deverá ser devolvida à instituição que fez o financiamento — e devolvida com juros.

Portanto, não se devem pegar financiamentos a qualquer hora e de qualquer valor, sem que seja feita uma boa avaliação a respeito.

Nesse caso, contratar crédito para empresa é uma forma eficaz de evitar uma situação pior. Como exemplos dessa necessidade imediata de capital, podemos citar:

  • pagamento de dividendos aos acionistas;
  • quitação de passivos: ou seja, o pagamento de contas (principalmente quando há contas atrasadas);
  • pagamento de funcionários: afinal, sem seus colaboradores, a empresa fica estagnada;
  • pagamento de tributos: já que o atraso e a sonegação fiscal implicam em multas muito altas, que vão impactar negativamente sobre o fluxo de caixa;
  • recursos necessários para a reposição de estoques, aquisição de insumos, despesas administrativas e questões afins.

Também é recomendado contratar crédito para empresa quando é imprescindível fazer um investimento e não se tem o capital suficiente. Nesse caso, os investimentos empresariais podem ajudar a empresa a expandir seus horizontes e seu ciclo de atividades, atingindo patamares mais altos.

Investir significa, por exemplo, adquirir um imóvel para armazenar mercadorias, comprar um veículo para fazer entregas ou uma máquina que reduz custos e aumenta a produtividade.

Enfim, tudo que for feito visando ampliar o potencial da empresa pode ser considerado investimento.

Agora, se você tem dúvidas sobre a quantidade de capital de giro disponível nas empresas, pode aplicar a fórmula:

CGL = AC – PC

Nesse caso, CGL é o Capital de Giro Líquido. O AC é o ativo circulante (dinheiro no caixa e nos bancos, suas aplicações financeiras, duplicatas, contas a receber e bens em estoque).

Já o PC é o passivo circulante (fornecedores, folha de pagamento, contas a pagar, encargos sociais, empréstimos, impostos — as dívidas que devem ser pagas em um ano).

Assim, se o capital de giro resultar negativo (se o passivo for maior que o ativo), é uma boa hora de contratar crédito para empresa.

 

 

Leia também – FIDC e Factoring: você conhece as diferenças?

 

 

Veja como financiar capital de giro para sua empresa

Se você pensa em contratar crédito para empresa, poderá ter o dinheiro liberado por uma das seguintes formas: a forma isolada e a forma associada.

Na forma isolada, não é preciso especificar de que maneira o dinheiro será gasto, nem onde e como ele será aplicado. Mas, se estiver associado a investimentos fixos, o crédito estará relacionado com a compra de insumos para o negócio (matéria-prima, produtos acabados para revender, produtos semiacabados).

Vale dizer que, por se tratar de um empréstimo especial, o financiamento de capital de giro tem suas próprias características:

  • não tem carência, na maioria das vezes;
  • sua taxa de juros é pré-fixada;
  • seus prazos variam dependendo da instituição financiadora e do valor financiado (alguns bancos comerciais oferecem prazos de até 240 meses).

No geral, o acesso ao crédito é facilitado, sem implicar em muitos procedimentos burocráticos.

Em alguns casos, é possível à empresa que está solicitando o empréstimo oferecer um imóvel como garantia. Em outros, também é possível que essa garantia seja fornecida por algum sócio.

 

Conheça os tipos de crédito para empresas

Bem, agora que você já sabe o quanto deve solicitar e quais são as características de um financiamento de capital de giro, é importante entenda os diferentes tipos existentes no mercado:

  • empréstimo para investimento fixo: o capital será empregado para a implantação, modernização e expansão de sua empresa, podendo incluir a compra e a reposição de máquinas, equipamentos, móveis, utensílios, instalações, obras civis (ativos imobilizados destinados ao funcionamento do negócio e cuja permanência é duradoura);
  • empréstimo para investimento misto: quando a empresa precisa, por exemplo, de dinheiro para comprar matéria-prima (nesse tipo de financiamento, há carência e as garantias são bens e imóveis);
  • venda: aqui, a empresa financia o cliente — ou seja, vende um produto a prazo, mas recebe o valor à vista do banco;
  • compras: a empresa compra de seus fornecedores, e quem paga é a instituição financeira (geralmente, a instituição consegue bons descontos nessas compras);

Outro tipo de financiamento de capital de giro é o de antecipação de recebíveis. Nesse caso, como o risco que a instituição financeira corre são menores, é comum que suas taxas também sejam menores.

Existem duas maneiras de contratar crédito para antecipar recebíveis;

  • desconto de duplicatas
  • desconto de cheques

 

Leia também – 8 dúvidas mais comuns sobre Factoring

 

 

Observe as vantagens de contratar crédito para antecipar recebíveis

Entre os benefícios de contratar crédito para antecipar recebíveis  para empresa está o incremento no fluxo de caixa. Aqui, o aumento e a movimentação no caixa da empresa são sentidos imediatamente, possibilitando a realização de mais investimentos que contribuam para desenvolver os serviços/produtos.

Por se tratar de um montante de capital que oferece riscos muito menores, as taxas para a contratação do serviço também costumam ser diminutas porque são valores que já se tornaram um direito. Por isso, as taxas para a antecipação dos recebíveis tendem a ser bem mais interessantes. Afinal, as vendas já foram realizadas.

É de conhecimento de todo o mercado que os juros do rotativo do cartão de crédito, os do cheque especial e os das outras opções mais fáceis de ser contratadas, como também a linha de crédito pré-aprovada do seu banco, são normalmente as opções mais caras para se conseguir recursos financeiros, mesmo que por períodos de tempo bem curtos. Por isso, antes de cair nas linhas mais tradicionais e de rápida contratação, é melhor rever os seus recebíveis e o que eles podem fazer por você na hora do aperto.

Como os direitos de recebimentos já existem perante as suas faturas emitidas, a antecipação de recebíveis costuma ser um procedimento muito mais ágil e rápido junto às instituições financeiras.

Para escolher a opção mais adequada você já tem um bom caminho: a antecipação.

 

Fonte: Valecred

Posts relacionados

Quais as vantagens de antecipar recebíveis?

Quais as vantagens de antecipar recebíveis?

Algumas empresas utilizam frequentemente capital externo, vindo de bancos, financeiras e antecipações de recebíveis, para suportar suas operações financeiras e […]

Leia mais
Antecipação de recebíveis é opção para PMEs fecharem 2017 no azul

Antecipação de recebíveis é opção para PMEs fecharem 2017 no azul

Em tempos de crise, o período de final de ano é extremamente desafiador para quem comanda o próprio negócio – […]

Leia mais
Quando contratar crédito para sua empresa?

Quando contratar crédito para sua empresa?

Sabemos que as empresas têm no capital de giro a mola principal para impulsionar o seu crescimento. Afinal, sem capital […]

Leia mais

Podemos guardar cookies?

Clicando em "Sim" você concorda em armazenar cookies no seu dispositivo para promover marketing personalizado, melhorar sua navegação e experiência em nosso site. Acesse nossa Política de privacidade.